CONTATO | SIGA A SBC

Caro(as) Associados(as) da SBC,

Conforme previsões de epidemiologistas, infectologistas e do Ministério da Saúde do Brasil, amplamente disseminadas na imprensa, o pico da covid-19 no Brasil ainda está por vir, devendo acontecer em poucas semanas. Cenários posteriores ao pico ainda são incertos, sobre quanto tempo seria necessário para voltarmos à normalidade ou mesmo a possibilidade de recorrência e novas ondas de transmissão do vírus. A recomendação reafirmada por especialistas é a de contenção e isolamento social para limitar o número máximo de infectados que necessitam de cuidados intensivos, evitando, portanto, o colapso do sistema de saúde. Vamos fazer nossa parte!


Como sabemos, a repercussão econômica será inevitável, sua real magnitude depende de medidas governamentais adotadas. Em qualquer cenário, estima-se retração econômica no país, menor ou maior, em função de tais medidas e do prolongamento da crise sanitária.


Desde que fizemos nossa primeira manifestação sobre o efeito da pandemia nas atividades da SBC, em 13 março de 2020, o cenário mundial e brasileiro tem se agravado, como esperado, seguindo a curva de crescimento exponencial.  No comunicado do dia 17 de março, recomendamos, especialmente para nossos simpósios, a realização de eventos online para garantir o fluxo de produção técnico-científica e manter nossa comunidade mobilizada, inclusive ajudando na sustentação da SBC nessa crise sem precedentes. Desde nossas recomendações, alguns de nossos eventos seguiram o caminho do espaço virtual, em linha, inclusive, com o que hoje presenciamos internacionalmente.


De outro lado, vários eventos decidiram pelo adiamento do encontro presencial, em função de compromissos já firmados ou mesmo pela insegurança na mudança para um formato não convencional. A SBC vem cuidadosamente monitorando e montando possíveis cenários para adiamentos, considerando as incertezas da pandemia e da retração econômica. As novas solicitações de adiamento se concentram nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2020, o que poderá comprometer a capacidade operacional da SBC no apoio a esses eventos, todos sendo realizados em um período curto de tempo. Ademais, o cenário econômico e a insegurança na área da saúde podem comprometer as finanças desses eventos ou mesmo causar cancelamentos, o que seria muito comprometedor para o futuro de nossa sociedade. A SBC, com o conhecimento da demanda geral, fará o possível para mitigar efeitos negativos em cada evento e na Sociedade Brasileira de Computação, em sua totalidade.


Para tanto, a SBC avaliará cada solicitação de adiamento considerando justificativas bem fundamentadas de sustentação financeira, bem como um plano de contingência para o caso da não realização na nova data pretendida.


A enorme complexidade de adiamentos em cenários inseguros e indefinidos pode ser contornada com a realização de eventos online em datas previamente conhecidas e  em sintonia com o calendário internacional das respectivas áreas. Fazemos aqui, portanto, mais um apelo para que organizadores (re)considerem a opção online, pois cremos ser a mais segura e viável em qualquer dos aspectos avaliados, caminho que permite manter o fluxo da produção técnico-científica e nossa comunidade mobilizada. 


Aos associados conclamamos que assistam aos eventos online de interesse para a segurança física de todxs. Sobretudo, não deixem de manter a vossa associação em dia, nos ajudando a superar esse momento tão desafiador.


Raimundo Macêdo

Presidente da SBC

26 de março de 2020